Meu carrinho de compras
Carrinho Vazio
Rastrear minha compra
04/10/2022

Vet News 26 de setembro, 2022

Vet News 26 de setembro, 2022

1. Empresas multinacionais buscam soluções sustentáveis na Embrapa Cerrados

Representantes de oito empresas multinacionais estiveram na Embrapa Cerrados em busca das tecnologias sustentáveis. Elas integram o Soft Commodities Forum (SCF), cujo objetivo é buscar soluções colaborativas para desafios de sustentabilidade. Isso porque entendem que nenhuma empresa sozinha consegue enfrentar os desafios do desmatamento e da conversão da vegetação nativa para o aumento da área de plantio de soja.

“Temos aqui um grupo de empresas que está procurando formas para aumentar a produção de forma sustentável. Estão presentes representantes de várias empresas multinacionais que buscam essa conexão – entre produção e sustentabilidade”, explica Juliano Carneiro, da Louis Dreyfus Group (LDC), sobre a composição do fórum.

Os 25 profissionais estiveram presentes na Embrapa Cerrados (DF) na quarta-feira (14) e foram recebidos por Sebastião Pedro, chefe-geral, que fez uma apresentação institucional, destacando as linhas de atuação da pesquisa. Em seguida, tiveram acesso às informações sobre manejo sustentável para altos rendimentos da cultura da soja, fornecidas por Sérgio Abud, supervisor de Transferência de Tecnologia, e contribuições dos serviços ambientais na produção de grãos, apresentadas pela pesquisadora Fabiana Aquino.

Em visita ao campo, conheceram os experimentos de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta, tecnologia capaz de possibilitar a produção sustentável de grãos. Os dados 

relativos aos sistemas foram apresentados pelos pesquisadores Kleberson Souza e Karina Pulrolnik.

Os dados recentes com avaliação das tecnologias surpreenderam os participantes. “As informações que foram apresentadas foram acima das nossas expectativas. Identificamos a ILPF como uma das tecnologias que queremos definitivamente patrocinar e levar para as áreas de expansão de soja. Com isso, pensamos ser possível manter os altos níveis de produtividade, preservar os nutrientes no solo, diminuir os custos do produtor rural e ainda a pressão para que novas áreas sejam abertas”, avalia o Michel Santos, da Bunge.

 

Matéria completa em:

https://www.beefpoint.com.br/empresas-multinacionais-buscam-solucoes-sustentaveis-na-embrapa-cerrados/

 

2. Novidades CRV

A CRV busca cada vez mais garantir a melhor genética ao pecuarista, por isso, procura sempre por novidades para sua bateria de reprodutores. Na edição desta semana, o destaque de touros disponibilizados no IFert fica por conta dos reprodutores, OBELIX KA, JUDICIÁRIO TJG e VPJ ACTION que você confere a seguir:

 

OBELIX KA

Touro de linhagem IZ e MN, Obelix KA é indicado para sistemas semi-intensivos. Touro mocho de avaliação alta, destacando-se em ganho de peso, rendimento de carcaça, fertilidade e produtividade, no lado materno, destaca-se também: precocidade, habilidade maternal, longevidade de produção e produtividade nas suas filhas.

JUDICIÁRIO TJG

Touro de linhagem AVAI e RAMBO, Judiciário TJG é indicado para sistemas semi-extensivos. Touro com biotipo precoce, carcaça revestida de muita musculatura, é ideal para quem busca produzir animais de ciclo curto. Além disso produzirá fêmeas longevas e precoces, portanto é indicado tanto para rebanho puros como para rebanhos comercias.

 

 

VPJ ACTION

Touro de linhagem americana, VPJ Action é indicado para sistemas semi-intensivos. De fácil parto, touro indicado para novilhas. Além de excelentes avaliações para ganho de peso, possui também ótimo marmoreio e acabamento de carcaça, acelera o ganho de peso no pós desmama, encurtando a fase de recria. Produz animais com carcaças pesadas e com qualidade de carne.

 

3. Conteúdo Técnico

Administração de cobre em protocolo de IATF

 

Em bovinos, o sucesso reprodutivo é relacionado com o nível nutricional do rebanho. A deficiência de um simples mineral como o cobre pode resultar em falhas reprodutivas que levam a um retardo no atingimento da puberdade, infertilidade, baixa concepção e perda embrionária. A subfertilidade em bovinos é um sério problema não só brasileiro como global e uma quantidade relevante de animais respondem positivamente à suplementação de cobre.

O estudo das funções do cobre na reprodução bovina portanto se faz crucial, uma vez que, é a segunda deficiência mineral mais frequente em animais à pasto no mundo. Os efeitos do mineral nas funções ovarianas são conhecidos há tempos em experimentos em ratos, porcos e coelhos, estudos demonstraram que o mineral estimula o eixo hipotalâmico-hipofisário-gonadal por induzir a liberação de GnRH, FSH e LH. Um estudo in vitro demonstrou que o cobre modifica a conformação dos receptores de GnRH desencadeando na liberação do conteúdo do grânulo gonadotrófico por meio de mecanismos dependentes de cálcio.

Em bovinos pouco é conhecido a respeito dos efeitos fisio e farmacológicos do cobre nos 

hormônios reprodutivos, e em outras biotecnologias em que a atividade ovariana é intencionalmente manipulada, tal qual os protocolos de Inseminação Artificial em Tempo Fixo (IATF). O estudo conduzido por Anchordoquy et al. 2021 visou avaliar a associação entre os níveis plasmáticos de cobre e a função ovariana durante um protocolo de IATF e o efeito da administração parenteral de cobre no início do protocolo analisando a área do folículo pré-ovulatório, área do corpo lúteo, concentrações plasmáticas de estradiol e a taxa de prenhez em bovinos de corte.

O protocolo utilizado nos animais estudos está indicado abaixo:

 

 O estudo concluiu haver uma relação positiva entre a concentração plasmática de cobre e a área do folículo pré-ovulatório durante o protocolo de IATF em vacas, contudo não em novilhas. Quanto à taxa de prenhez, a administração de cobre ocasionou um aumento na taxa sem que houvesse alteração nas características do corpo lúteo em ambas novilhas e vacas, e levando a uma diminuição nos níveis plasmáticos de estrógeno e em área de folículo pré-ovulatório. O efeito positivo da administração de cálcio na taxa de prenhez ocorreu mesmo em vacas com os níveis de cálcio dentro dos padrões da normalidade, levantando duas potenciais hipóteses. As concentrações de cobre ideais para haver funcionamento normal das funções reprodutivas, consideradas na literatura, são maiores que se pensa, ou o cobre potencialmente apresenta funções farmacológicas na função ovariana e na ovulação quando administrada parenteralmente.

 

Fonte original: Anchordoquy JP, Lorenti SN, Polero GS, Farnetano NA, Rosa DE, Fabra MC, Carranza-Martin AC, Nikoloff N, Furnus CC, Anchordoquy JM. Parenteral Copper Administration at the Beginning of a Fixed-Time Artificial Insemination Protocol in Beef Cattle: Effect on Ovarian Function and Pregnancy Rates. Biol Trace Elem Res. 2022

 

Traduzido e adaptado por: Lucas Carnio de Siqueira Branco: Graduando em Medicina Veterinária, Estagiário do Departamento de Serviços CRV.

 

4. Cursos CRV e CTA Bravo

Com a tradição e experiência da CRV Brazil em parceria como o CTA Bravo, trazemos 

a vocês a agenda de cursos do segundo semestre de 2022. Nos links abaixo encontram-se as descrições de cada curso e o link para inscrição:

 

➡️Inseminação artificial: https://crv4all.com.br/pt/service/curso-insemina%C3%A7%C3%A3o-artificial

➡️ Melhoramento genético: https://crv4all.com.br/pt/service/curso-melhoramento-gen%C3%A9tico

➡️ Nutrição em bovinos de corte: https://crv4all.com.br/pt/service/nutricao-bovinos-corte

➡️ Intensivão - IA + IATF + US: https://crv4all.com.br/pt/service/curso-intensivo-reproducao

➡️ Ultrassom: https://crv4all.com.br/pt/service/ultrassonografia-reprodutiva

➡️ Manejo de pastagem: https://crv4all.com.br/pt/service/manejo-de-pastagem

 

O local tem instalações incríveis e profissionais altamente capacitados que proporcionam um treinamento de excelência para você nosso cliente e suas equipes.

No valor de cada curso estão inclusos: Material didático, material para prática, certificado, almoços e translado do Centro de Salto de Pirapora até o CTA Bravo.

 

AGENDA:

24/10 a 27/10 Curso IA

26/11 e 27/11 Curso Melhoramento

28/11 a 01/12 Curso IA

03/12 e 04/12 Curso Nutrição

05/12 a 09/12 Curso Intensivo de Reprodução

12/12 a 14/12 Curso de Ultrassonografia

15/12 a 17/12 Curso de Manejo de Pastagem

19/12 a 22/12 Curso de IA